Diagnóstico & Níveis laboratoriais ideais


Diagnóstico

O diabetes pode ser diagnosticado com exames de sangue.

As principais alterações são no nível de glicose e insulina na corrente sanguínea.

A hemoglobina glicosilada (ou glicada) também é um indicador importante, já que a glicose em alta concentração no sangue adere às hemácias.

A resistência a insulina também afeta os níveis de colesterol, triglicérides e ácido úrico.

É importante lembrar que, além de diabetes, os exames também detectam o pré-diabetes ou síndrome metabólica– termo utilizado para denominar os pacientes com risco potencial de desenvolver a doença.

Procure um médico de sua confiança para realizar os exames.

Níveis laboratoriais ideais

Quando o organismo desenvolve a resistência à insulina, seu nível no sangue aumenta, muito antes do que a glicemia. Por isso a glicemia sozinha não é um marcador fiel para você saber se tem pré-diabetes. Uma pessoa pode ter a glicemia abaixo de 100 e mesmo assim estar sofrendo de pré-diabetes. Esse desequilíbrio promove alterações na hemoglobina glicosilada, colesterol, triglicérides, ácido úrico e nos hormônios DHEA e testosterona.

Os valores laboratoriais ideias para manutenção de sua saúde:

  1. Glicemia: nível ideal < 92
  2. Insulina em jejum: nível ideal <= 5
  3. Insulina pós prandial (após o almoço): nível ideal <= 18
  4. Hemoglobina Glicosilada: nível ideal 5.2
  5. Triglicérides: nível ideal <= 100
  6. HDL: nível ideal > 35 em mulheres e > que 45 em homens
  7. Ácido úrico: nível ideal < 5.2

Cuidado:

Alguns laboratórios utilizam 24 como nível normal, mas níveis superiores a 8 indicam a resistência à insulina, e essa resistência começa a inflamar o corpo, provocar cansaço no meio da manhã, inchar o corpo, aumentar a pressão arterial.

Pode perguntar que o Dr. Fabio responde

1 responder
  1. Elizete
    Elizete says:

    Sempre acreditei nos índices informados pelos laboratórios! Por que eles já não informam os índices ideais para nossa saúde?

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.